terça-feira, 29 de novembro de 2016

Lenha na Fogueira - 30.11.16

No próximo sábado dia 3 de dezembro, o cantor sambista do Rio de Janeiro Carlinhos Moreno – Kaka, vai se apresentar na Feijoada que será servida no Mirante Madeira. O show do Carlinhos está marcado para começar as 15 horas.
********
O cantor carioca por alguns anos morou em Porto Velho e foi um dos integrantes da famosa Banda Máxima. Carlinhos no Rio de Janeiro se apresenta constantemente nos botequins da Lapa.
********
Carlinhos Moreno recebe no palco do Mirante Madeira os sambistas convidados: Ernesto Melo, Sílvio Santos e Beto Cezar.
********
O show do Diogo Nogueira que vai acontecer na próxima sexta feira dia 2, está deixando os sambistas de Porto Velho numa grande dúvida. Acontece que a produção da Festa Madeira, está divulgando que o Diogo começa a cantar o mais tardar as 21 horas.
*******
O problema, é que no mesmo dia está programado a última edição do “Samba Autoral” que vai acontecer no Bar do Calixto com início marcado para as 18 horas. Como conhecemos e participamos do Samba Autoral sabemos que dificilmente a Roda de Samba vai terminar antes das 20 horas e se isso acontecer a maioria dos sambistas não poderá prestigiar o show do Diogo Nogueira.
*******
A última edição do Samba Autoral 2016 foi adiada de sábado (3) para sexta feira (2), em virtude do concurso de Marchinhas e Frevos do Galo da Meia Noite que vai acontecer no Mercado Cultural justamente sábado e pelo que sei, alguns dos compositores que participam do Samba Autoral concorrerão no concurso do Galo.
*******
Bainha, Oscar, Zé Baixinho, Waldison Pinheiro, As Pastoras, Sílvio Santos, Toninho Tavernard e Torrado são alguns dos compositores que fazem parte do Samba Autoral e que inscreveram Marchinhas e Frevos no concurso do Galo. Aí vem a Festa do Madeira anunciando que a grande atração da festa que vai acontecer justamente sexta feira dia 2, será o sambista Diogo Nogueira e mais, que a entrada será apenas Um Quilo de Alimento.
*******
Quer dizer, é muita programação de samba prum dia só. E ainda tem A Fina Flor do Samba do Ernesto Melo no Mercado Cultural. Algum desses eventos será prejudicado com a falta de platéia. Não é toda vez que um artista do naipe do Diogo Nogueira se apresenta de graça em Porto Velho.
*********
LUTO - Não podemos deixar de externar nossos sentimentos aos familiares e integrantes da delegação da Associação Chapecoense de Futebol ao povo catarinense em especial do município de Chapecó, pela tragédia com o voo que culminou com a morte de praticamente todo o elenco, diretoria e comissão técnica do time da Chapecoense.
********
A Associação Chapecoense de Futebol – ACF é uma das agremiações futebolísticas mais jovens do Brasil já que foi fundada no dia 10 de maio de 1973, portante está com apenas 43 anos.
*******
Foi apenas em 2013 que a Chapecoense chegou pela primeira vez à Série A do Campeonato Brasileiro, após um empate de 1 a 1 contra o Bragantino. Na atual temporada, a equipe está em 9º lugar, à frente de times tradicionais, como São Paulo, Fluminense e Cruzeiro.
*********
Na semana retrasada, a equipe conseguiu mais um feito inédito em sua história: avançou à final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, da Colômbia, depois de vencer o San Lorenzo, da Argentina.
********
"Falou em Chapecoense é o xodó da cidade, é o que movimenta hoteis, aeroporto, é o que dava alegria. Todo mundo remava junto, era uma família, a gente convivia mais do que com a nossa família. A nossa diferença é a união, acreditávamos desde o roupeiro até o presidente de que no campo éramos igual a qualquer time", disse à BBC Brasil Marcelo De Quadros Kunst, auxiliar técnico de goleiro da Chapecoense.



Encontro marca encerramento do Mais Educação 2016



A performance teatral “Guernica”, apresentada por servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), foi um dos pontos altos do “Encerramento Anual do Mais Educação 2016”, evento realizado pelo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, da Secretaria Municipal de Educação (Dade/Semed), no auditório da Biblioteca Municipal Francisco Meirelles, na manhã de terça-feira, 29.
A recepção para o evento foi às 8 h com um café da manhã. A abertura oficial foi por volta das 09 h e na sequência foram apresentadas a dinâmica “Relações Interpessoais”, Chicão Santos, pronunciamentos de abertura, apresentação das ações do Dade/Semed, a apresentação da performance teatral, apresentação das experiências das escolas com o programa e dinâmica de encerramento.
Após um ano de muito trabalho, atividades, projetos e aprendizado, a coordenadora do programa em Porto Velho, Luciana de Oliveira, afirmou que o evento é importante porque permite a troca de experiência entre as escolas que participam do Mais Educação. “Essa interação é interessante porque cada escola escolhe sua própria dinâmica, seu próprio método de desenvolver o programa”, disse.
O programa criado pelo Ministério da Educação (MEC), por meio do Fundo Nacional de Ensino (FNE) permite que o aluno fique em tempo integral na escola. O programa assegura que os alunos possam passar mais tempo na escola, desenvolvendo atividades de artes, esporte, música, educação patrimonial, acompanhamento pedagógico entre outros, garantindo assim, sua educação integral.


Como apreciar corretamente uma cerveja


Ela é a bebida alcoólica mais consumida no Brasil, já serviu de inspiração para música, tem um dia dedicado a ela, podemos dizer que é considerada uma paixão nacional, quem sabe, mundial. Sim, estamos falando da cerveja. E para melhorar ainda mais sua experiência com a bebida, o Sommelier de Cervejas e chef de cozinha do curitibano Simples Assim e Sommelier de cervejas, Guilherme De Rosso, preparou algumas dicas especiais.
Para começar, escolha um estilo que agrade ao seu paladar. Segundo o especialista, o rótulo dá dicas importantes sobre a bebida. “Antes de tudo é legal a pessoal decidir que tipo de cerveja ela pretende tomar, hoje existem estilos variados que agradam a todos os gostos”, comenta. Cada cerveja tem uma temperatura. Essa é outra informação importante a ser levada em consideração, já que as temperaturas variam de estilo para estilo. Uma Stout, por exemplo, pede uma temperatura média de 12°C, já uma pilsen vária entre 4°C e 6°C. “Esse cuidado faz com que os aromas essenciais da bebida sejam valorizados, fazendo com que a pessoa consiga sentir tudo que ela tem a oferecer”, acrescenta De Rosso.
Pouca gente sabe, mas o copo, também, é algo muito importante na hora de tomar aquela “gelada”, e isso vai desde o design até a limpeza do objeto. O design do copo ajuda na melhor formação da espuma e na captação dos aromas dependendo da cerveja que será servida. Chicletes, cigarros e café antes de tomar a cerveja podem afetar e muito o paladar, trazendo a quem bebe aromas alterados. “É bom evitar o uso desses elementos, eles podem alterar consideravelmente o sabor da cerveja”, detalha o especialista.
Outro ponto importante, segundo o especialista, é o armazenamento, quando a garrafa for de tampa metálica, a bebida deve ser armazenada de pé, não muito alta e longe da luz solar. E quando colocá-la para refrigeração o ideal é só retirá-la quando for consumir. No momento da degustação, comece pelo visual da cerveja, sua cor, e a formação da espuma, para depois sentir seus aromas e por último o paladar.

Se você pretende beber mais de um rótulo no dia, é importante ter sempre uma garrafa de água e um pãozinho por perto, para intercalar e evitar que você fique “de porre”. Tente harmonizar a bebida com pratos da sua preferência, faça testes, veja dicas na internet. “Para quem gosta de cozinhar e beber cerveja a harmonização com comidas é brincadeira muito legal de experimentar”, explica. Para finalizar, De Rosso lembra que não existe jeito certo ou errado de beber cerveja, cada um tem sua preferência e tudo depende da ocasião, essas dicas são apenas para melhorar sua experiência com a bebida.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Diogo Nogueira canta na III Festa do Madeira


O sambista cantor Diogo Nogueira será a grande atração da III Festa do Madeira que vai acontecer em Porto Velho no próximo dia 2 de dezembro, Dia Nacional do Samba na casa de show Talismã 21. A festa que já faz parte do calendário de eventos da capital de Rondônia, além do sambista carioca,  contará com as apresentações dos artistas regionais Jonas e Jairo (sertanejo) e do cantor Gabriel Parada e banda, especializados em axé.
Segundo a coordenação do espetáculo musical, a dupla Jonas e Jairo será a responsável pela abertura do show, seguida do sambista Diogo Nogueira que vem direto do Rio de Janeiro e o encerramento será com o cantor Gabriel Parada e sua banda de axé.
A entrada será mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, que será trocado pelo ingresso. Os alimentos arrecadados serão doados para uma instituição beneficente de Porto Velho.

INGRESSOS


Os convites são trocados por um quilo de alimentos não perecíveis, como arroz, macarrão, feijão, fubá, leite em pó, entre outros. Os organizadores pedem que não levem farinha de mandioca ou sal. Os alimentos arrecadados neste evento serão entregues a duas instituições beneficentes de Porto Velho. A troca deve ser feita na portaria da SIC TV, na avenida Rio Madeira, 2964 (próximo ao Porto Velho Shopping), das 7h às 22 horas.
O evento é realizado pela IDEM – Identidade de Marcas, e apoiado pela SIC TV, com patrocínio da Hidrelétrica Santo Antônio e Santo Antônio Energia.

SERVIÇO
O que: III Festa do Madeira
Quando:  02 de dezembro 2016 – sexta-feira - a partir das 19 horas
Onde: Talismã 21 – Avenida Mamoré, 300 – Cascalheira

Lenha na Fogueira - 29.11.16


Dica de Saúde - Falar sobre sexo ainda é um grande tabu mesmo entre os homens. Poucos são aqueles que se submetem ao exame de toque retal (machismo exacerbado) - Saibam que CÂNCER DE PRÓSTATA MATA! Porém, detectado antes, tem jeito. Por favor, pelo amor de Deus façam o exame e salvem suas vidas.
********
Bom! No último domingo os sambistas comemoraram o Centenário do Samba. Veja bem o centenário do samba não tem nada a ver com o dia 2 de dezembro que é oficialmente O Dia Nacional do Samba.
********
O primeiro registro de uma música cujo ritmo foi registrado como SAMBA aconteceu no dia 27 de novembro de 1916 quando o compositor Ernesto dos Santos, popularmente conhecido como Donga o registrou na Biblioteca Nacional o Samba “Pelo Telefone”
*******
Na época Donga foi muito criticado pelos fequentadores do Terreiro de Umbanda da Tia Ciata local onde os “sambistas” se reuniam para batucar e beber. Alguns compositores se diziam autores da obra junto com o Donga por isso não ficaram satisfeitos quando descobriram que o samba havia sido Registrado apenas com o nome do Donga.
*******
O único dos reclamantes que depois foi reconhecido e passou a dividir a parceria com Donga foi o jornalista Mauro de Almeida. Apesar do chororô, não teve jeito: “O chefe de polícia pelo telefone mandou me avisar...” ficou mesmo registrado como sendo de Donga e Mauro de Almeida.
*******
E olha que estavam nessa briga, compositores como Pixinguinha, João da Baiana, Caninha, Hilário Jovino Ferreira e o também já famoso Sinhô.
********
Segundo os pesquisadores, a letra original dizia: “O chefe de polícia/pelo telefone/Mandou me avisar/Que com alegria/Não se questione/Para se brincar”. E foi alterada para a versão mais conhecida até hoje:
********
“O Chefe de Polícia/Pelo telefone/Manda me avisar/Que na Carioca/Tem uma roleta/Para se jogar...”
********
Sábado dia 26 festejamos o Centenário do Samba na roda de samba do Mário Nilson e Beto Cezar no Mercado Cultural. Também com a participação do sambista carioca Carlinhos Moreno – Kaka.
*******
Já na próxima sexta feira será comemorado o Dia Nacional do Samba.
*********
Essa comemoração conta com a seguinte programação: A partir das 17 horas no Bar do Calixto “Samba Autoral” com a participação da maioria dos compositores de samba de Porto Velho numa promoção e coordenação da escola de samba Asfaltão.
********
Às 20 horas começa o Projeto Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba no Mercado Cultural. Também com a participação de vários sambistas.
********
E para finalizar a noite, aliás, no inicio da noite acontece a III Festa do Madeira com a participação do sambista carioca Diogo Nogueira.
********
Levando-se em consideração que a III Festa do Madeira está marcada para começar às 19 horas e que a primeira atração será a dupla Jonas e Jairo e logo em seguida teremos o show do Diogo Nogueira, o que deve começar no máximo às 21 horas. Se eu fosse o Ernesto Melo não realizaria A Fina Flor sexta feira. Vamos todos festejar o Dia Nacional do Samba no show do Diogo Nogueira.
*******
E tem um detalhe muito importante: a Festa do Madeira é praticamente 0800, pois o ingresso é um quilo de alimento não perecível.
********
Só não pode ser Farinha D’água, Farinha Seca e nem Sal. O que vai ter de nego levando Fubá para trocar pelo ingresso não estará escrito.
*******
A troca já pode ser feita na portaria da SIC TV que fica à rua Rio Madeira.
*********
Bem que o Zé Carlos Banzeiro deveria levar o Diogo Nogueira para assistir nosso Samba Autoral! Seria uma ótima oportunidade para nossos compositores de samba, quem sabe, ter um samba gravado pelo filho do João Nogueira! Ta aí a dica Zé!

Centenário do samba no Samba Autoral


A 21ª edição do Projeto Samba Autoral, que desta vez acontecerá na próxima sexta feira, dia 02 de dezembro, DIA DO SAMBA, junto com o Projeto Pagode dos Amigos coordenado pelo amigo Nilson do Cavaco, encerrará a temporada do Projeto em 2016. “Na oportunidade festejaremos o Centenário do Samba”.
Registra-se que sua origem se deu em dezembro de 2014, quando da realização da 2ª edição do Samba pro Seu Zé, uma iniciativa de Walber do Cavaco, realizado pela Escola de Samba Asfaltão. Um grupo de sambistas começou a pensar em fazer algo que valorizasse os trabalhos de compositores e compositoras de Porto Velho.
O que já era sonho de alguns abnegados virou um embrião que tomou conta de mentes e corações de vários sambistas. A idéia tomou corpo em uma reunião que aconteceu ainda no mês de dezembro de 2014, onde estavam presentes Chystóvão Nascimento, Makumbinha, Walber do Cavaco, Oscar Knightz,Thobá do Cavaco, dentre outros sambistas. Daí em diante, para se tornar realidade a Escola do Tigre abraçou e começou a mobilização e articulação para que o mesmo se concretizasse, o que somente foi possível devido o envolvimento dos (as) inspirados (as) compositores, compositoras, músicos e ritmistas de samba em Porto Velho.
A partir daí, apesar das dificuldades e limitações estruturais, vendo como uma forma de manter acesa a História do Samba, ajudar a evidenciar o talento dos Compositores(as) da cidade, a Diretoria da Escola de Samba Asfaltão acreditou, aceitou e abraçou o desafio de materializar este Projeto mês a mês, respondendo pela estrutura e se responsabilizando pela sua realização...”
Ultima edição do ano.
Fazendo justiça aos guerreiros e guerreiras que estiveram conosco, aproveitamos para registrar nossos mais sinceros agradecimentos a todos, os compositores e compositoras, aos músicos, foram muitos, na harmonia e percussão, que no peito e na raça se dispuseram em estar conosco nesta caminhada. Agradecemos os parceiros Francinei Barreto e Elisangela Alves da Graffporto, o Bar do Calixto e família, a vocês amigos e amigas que nos acompanharam nesta temporada e acreditam neste Projeto que é da cidade e de todas as bandeiras.
Agradecemos de forma muito especial, a nossa comunidade, que acolhe com carinho todas estas pessoas de bem, que cantam e encantam com suas poesias.
Já dizia João Nogueira: “Ninguém faz Samba só Porque Prefere...”, esta opção tem apenas um motivo, Amor ao Samba!
Texto: Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro 

sábado, 26 de novembro de 2016

Benjamin Mourão

OLHO

‘Para o dia 11 de fevereiro, no encerramento da exposição do Jubileu de Prata, realizaremos a campanha de doação de sangue, Galo Sangue Bom, junto à Fundação Banco de Sangue do Estado de Rondônia’

‘O bloco chega aos seus 25 anos com muita história pra contar e com o mesmo entusiasmo que fizeram dele uma das mais aclamadas agremiações carnavalescas da cidade’


O presidente do Jubileu de Prata do Galo

Vera do Zizi, Lu Silva, Ana Célia, Luciana e Mourão
O bloco carnavalesco Galo da Meia Noite vai festejar no próximo carnaval, seu Jubileu de Prata, 25 anos de fundação e de acordo  com o Benjamin Mourão da Silva Jr. – Mourão eleito presidente do bloco no dia 26 de setembro passado, o desfile em comemoração a tão importante data, será apenas na base de marchinhas, frevos e samba enredo. “Temos mais de 80 marchinhas e frevos gravadas em CD e pelo menos até o carnaval passado essas músicas não foram tocadas em nossos desfiles”. Além disso, no próximo dia 3 de dezembro o bloco vai realizar o concurso de Marchinhas e Frevos sobre o tema “Jubileu de Prata do Galo” além de ser obrigado constar da letra da música o nome dos fundadores do bloco no caso Magda, Edson Caula, Jorginho Boquinha e Carlinhos Mocidade. Na entrevista que segue Mourão fala sobre sua vida em Rondônia e de como se tornou presidente do Galo da Meia Noite.

ENTREVISTA 

Zk – Fala sobre você?
Mourão – Meu nome é Benjamin Mourão da Silva Júnior. Nasci em Castanhal no estado do Pará, vim para Rondônia em 1979 para trabalhar no INCRA como desenhista, fui lotado no Projeto Fundiário Jaru/Ouro Preto – PFJ sediado em Ji Paraná. Fiquei no INCRA durante cinco anos. Depois fui para Presidente Médice a convite do prefeito José Cunha (já falecido), trabalhando no planejamento da cidade, de lá fui pra Cacoal trabalhar num escritório de engenharia. De Cacoal fui pro Jaru quando o Antônio Campanari foi Interventor, lá fui Diretor de Obras da prefeitura e daí fui ser secretário de Obras em Theobroma, antes disso, estive em Ariquemes a convite do Amorim e fiquei oito anos trabalhando lá, até que vim pra Porto Velho.

Zk – Rodou quase o estado todo?
Mourão – Vim para Porto Velho também como desenhista com o engenheiro Enio Melo irmão do Ernesto o Poeta da Cidade, depois fui trabalhar com o Aurélio Chaves. Teve um tempo que fiquei trabalhando com o Orlando Guimarães já na área de segurança do trabalho.

Zk – Como surge o Mocambo no teu caminho?
Mourão – Primeiro morei no Nova Porto Velho onde me separei da mulher e fui morar na rua Buenos Aires, depois passei para os apartamentos do “Vasco” que ficava na Euclides da Cunha perto do Ferroviário. Então surgiu a oportunidade de alugar um apartamento no Mocambo bairro que sempre sonhei em morar. Moro no Mocambo há 13 anos.
Zk – E o envolvimento com os blocos carnavalescos?
Mourão – Isso começou com o Galo da Meia Noite a convite do Sílvio Boi e do Edson Caula. Eles estavam precisando de uma pessoa para ajudar a fazer o “Caldo” e o Boi falou que eu sabia cozinhar, isso foi em 2002. No ano seguinte, me colocaram como diretor de patrimônio porque eu tinha uma boa letra. Era o encarregado de receber as bebidas para o ensaio. Bem assessorado pelo Carlinhos, Boquinha, Caula na época o Buchada ainda participava, o finado Serjão, dona Yolanda, Joyce e Jeani. Com esse trabalho fui eleito vice-presidente na chapa do Orlando Guimarães inclusive, fizemos uma música em homenagem a ele “O qui, qui do presidente” porque ele gaguejava muito nas reuniões. O certo foi que fiquei como vice durante nove anos sem ser vascaíno (a família  Caula/Corbim é quase toda vascaína), sou botafoguense de coração.
 
Mourão e Segismundo
Zk – E agora?
Mourão – Tive a oportunidade de ser eleito presidente. Primeiro recebi um convite do Carlinhos Mocidade um dos fundadores do bloco, apenas para fazer parte da diretoria e aceitei, talvez porque ele sabe que gosto de ajudar, principalmente quando se trata de entidade carnavalesca. Em setembro terminou o mandato do Thiago Caula só, que já tínhamos as pessoas que iriam compor a nova diretoria. Segunda feira dia 26 de setembro na Casa da Cultura Ivan Marrocos, presentes sete diretores com direito a voto, fomos aclamado presidente.
Zk – O que a nova diretoria tem de novidade?
Mourão – Para quem não sabe, o Galo completa no próximo carnaval, 25 anos de folia desfilando sempre às quintas feiras pelas ruas da cidade e a comemoração, podemos dizer, já começou, pois no próximo dia 3 de dezembro, estaremos realizando no Mercado Cultural o Concurso de Marchinhas e Frevos e os ensaios para esse evento, estão acontecendo toda quarta feira na praça São José no bairro do Mocambo com inicio as 20 horas.

Zk – Quantas parcerias inscreveram marchinhas?
Mourão – Foram inscritas músicas de várias parcerias: Waldison Pinheiro, Beto Sá do Cavaco (Guajará Mirim), Silvia Pinheiro e as Pastoras, Silvio M. Santos, Carlinhos Maracanã/Jair Monteiro, Torrado, Toninho Tavernard, Dimarcy/Cabo Sena/Dimas Jr, Bainha/Oscar/Zé Baixinho e Cristóvão Nascimento. Resumindo, 10 músicas estarão concorrendo à melhor marchinha sobre o Jubilei de Prata do Galo da Meia Noite.

Zk – O Galo tem fama de não tocar suas marchinhas em seu desfile. Isso vai mudar?
Mourão – Você tem razão, porém, a partir do próximo carnaval, a Banda Carijó que agora está sob o comando do maestro Mário Nilson do Cavaco só vai tocar marchinhas, frevos e samba enredo. O Galo da Meia Noite é um dos blocos que tem mais músicas próprias, feitas por compositores de Porto Velho. São mais de 80 composições gravadas em CD e essas músicas não tocavam em nossos desfiles. Nossa diretoria tomou a decisão de que no desfile em comemoração aos 25 anos do bloco, só serão tocadas as marchinhas dos nossos compositores.

Zk – Como será a programação do Galo da Meia Noite para o próximo carnaval?
Mourão – Começamos quarta feira passada dia 23, com a realização do primeiro ensaio das marchinhas inscritas para o concurso que vai acontecer no dia 3 de dezembro no Mercado Cultural. Na próxima quarta feira dia 30, vai acontecer mais um ensaio com os compositores que ainda não ensaiaram suas músicas. Como já dissemos, dia 3 de dezembro será realizado o concurso no Mercado Cultural a partir das 18 horas.

Zk – E o lançamento das camisetas?
Mourão – No dia 13 de janeiro de 2017, promoveremos a abertura da exposição com a história do Galo. Estamos negociando com a direção da Casa da Cultura Ivan Marrocos para essa exposição ficar lá. No mesmo dia será apresentado o abada para o carnaval 2017. A exposição estará disponível para visitação até o dia 11 de fevereiro de 2017.

 Zk – Os ensaios vão acontecer aonde e a partir de quando?
Carlinho Maracanã, Mourão e Carlinho Mocidade
Mourão – Os ensaios começam no dia 14 de janeiro no Mercado Cultural. Vamos promover seis ensaios, todos no Mercado Cultural. Para participar da festa, o folião deverá levar um quilo de alimento não perecível que será doado para uma entidade filantrópica ou social. O folião receberá no ato da entrega do seu alimento um cupom para ter direito ao sorteio de vários brindes, entre eles abadás do bloco para Carnaval de 2017. Carnaval é festa, mas também é responsabilidade. Queremos também dar nossa colaboração social junto aos nossos parceiros. Além da doação de alimento não perecível, o Galo da Meia Noite preparou para o dia 11 de fevereiro, no encerramento da exposição do Jubileu de Prata, a campanha “Galo Sangue Bom”, junto à Fundação Banco de Sangue do Estado de Rondônia (Fhemeron).
Zk – Para encerrar?

Mourão - Galo da Meia Noite vai desfilar no dia 23 de fevereiro. O bloco chega aos seus 25 anos com muita história pra contar e com o mesmo entusiasmo que fizeram dele uma das mais aclamadas agremiações carnavalescas da cidade. Queremos contar um pouco dessa história a todos os foliões que amam o bloco. Nossa razão de ser sempre foi o brincante e para ele estamos preparando uma festa inesquecível.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Lenha na Fogueira - 26.11.16

Entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro de 2016, será realizado o II Encontro Interestadual de História: Acre e Rondônia, em conjunto com o III Encontro Estadual de História da Associação Nacional de História (ANPUH-RO), o II Encontro Estadual de História da ANPUH-AC e o IV Colóquio de História do Instituto Federal de Rondônia (IFRO). Os eventos acontecerão simultaneamente no IFRO Calama, em Porto Velho, com apoio da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR).
*******

A temática do Encontro será “O lugar da História e dos historiadores nas Amazônias”, escolhida em função da necessidade, cada dia mais evidente, da academia estabelecer formas de diálogo com a sociedade e aspectos ligados às problemáticas locais de uma região fronteiriça onde três países (Brasil, Bolívia e Peru) compartilham de vivências e questões semelhantes.

*******
Também serão abordadas reflexões sobre os lugares da cultura, da história e também do ensino. Portanto, todo o evento está sendo pensado no sentido de favorecer reflexões, propostas e tomadas de decisões que evidenciem ações na formação dos profissionais de História e outras ciências para suas atuações nesse espaço amazônico de múltiplas dimensões.
*******
Durante o Encontro serão realizadas conferências, mesas-redondas, minicursos, exibições de curtas-metragens e apresentações de trabalhos. Esta programação tem o objetivo de apresentar para a comunidade acadêmica e para profissionais da área pesquisas sobre a história, a historiografia e seus diálogos interdisciplinares, resultados das investigações desenvolvidas regionalmente pelos diversos profissionais e estudantes que atuam na e sobre Amazônia Sul Ocidental.
*******
O evento está sendo coordenado pelos professores Francisco Bento da Silva, da UFAC, Verônica Aparecida Silveira Aguiar, da UNIR, e Xênia de Castro Barbosa, do IFRO.
********
Infelizmente as inscrições se encerraram no dia de ontem 25, e com isso, muitos “curiosos” que se dizem historiadores, ficarão sem poder aprender alguma coisa sobre como fazer valer a história que muitas vezes eles contam, pensando que estão realmente fazendo história.
********
Agenda cultural do final de semana:
********
Espetáculo de dança de salão "De Corpo e Alma - Ray Quintino" - Com A Participação Super Especial do dançarino e coreógrafo CARLINHOS DE JESUS.
********
Neste Sábado (Dia 26.11.2016) - Local: Teatro Palácio das Artes Rondônia - Horário: 20 Horas - Com tolerância de 15 minutos.
*******
Ingressos: Estão a venda por R$ 30, R$ 40 e R$ 50 mais um quilo de alimento não perecível, meia entrada. Segundo o Produtor do espetáculo Ray Quintino não é obrigatório a apresentação da carteira de estudante, mas sim a doação do alimento. Para quem deseja adquirir o ingresso pelo valor inteiro, há valores de R$ 90 e R$ 110.

********
Amanhã dia 27, será realizada uma oficina de Samba no Pé, a partir das 10 horas. As inscrições estão abertas ao público em geral, mas o número de vagas é limitado. Informações: (69) 99274 9758 ou 98153 1101.
********
MOSTRA DE DANÇAS – IVAS - Com os Temas: - Dom Quixote - o Laguinho dos Cisnes - Michael Jackson.
*********
Quando: Domingo (Dia 27.11. 2016) Local: Teatro Palácio das Artes RO. Horário: 18 Horas (Com tolerância de 15 minutos).
********
Entrada: Os convites podem ser adquiridos com a Coordenação do Sports por R$ 8,00 + a doação de 01 brinquedo para serem doados para Instituições carentes. Interessados podem entrar em contato pelos telefones (69) 3211-6000 ou 3216-2900.
*******
A Banda Magdalena Taglia Ferro da cidade de Ariquemes representando o estado de Rondônia foi a grande vencedora do campeonato de Bandas e Fanfarras de São Paulo que aconteceu na cidade de Nazaré Paulista. Parabéns!

*****************************************************************************************

Espetáculo de dança Karma chega a Porto Velho 


Um corpo carrega a sua história, dois entrelaçam seus vestígios em novos passos. Quem é Cláudia? Quem é Rodolfo? Em cena o casal, que também divide a vida, desenrola em gestos e movimentos uma rotina que confunde espaços, que busca apoio lá e cá num jogo de equilíbrio entre um ponto e outro, que na exaustão e repetição encontra cumplicidade. É assim no dia a dia, é assim à luz do palco.
Karma é o primeiro projeto que marca a linha do tempo dos bailarinos de dança de salão Rodolfo Lorandi e Maria Cláudia Reginato, integrantes da Grão Cia de Dança de Florianópolis (SC). Neste trabalho, com interlocução da bailarina contemporânea Diana Gilardenghi, eles seguiram seus íntimos processos e decidiram provar outras expressividades, sem pretensão de categorizar movimento. É solto, tem paixão, sinceridade, é o corpo em sua verdadeira essência, busca e existência. O espetáculo estreou em Belém (PA), passou por Manaus (AM) e chega a Porto Velho (RO) com uma programação de apresentações e oficina, de 28 a 29 de novembro, no Teatro Guaporé. A turnê encerra em Rio Branco (AC).
Segundo os bailarinos não há a intenção de discorrer sobre o significado da palavra Karma. "Queremos contar sobre nossas experiências e como elas se constroem na arte, na dança e no movimento. Falamos de nós e mostramos como lidamos com o movimento e a dança, seja na ação, fala ou pensamento. Seja nas relações que nos permeiam, no que nos afeta e também afetamos. Mostramos o significado do que é karma para nós e como as pessoas que ali estiverem fazem parte disso", explica Cláudia.
O duo encontrou direções em pesquisas sobre o universo, filosofias que levam a mente a imaginar. "Imaginar, talvez, seja o start para o nome do projeto. Por exemplo, no documentário "Cosmos" de Carl Sagan ou do texto “A biblioteca de Babel” de Luiz Borges descobrimos teorias sobre o universo, sobre a vida, budismo, espiritismo. A imensidão que se abre no imaginário com essas pesquisas nos coloca frente a possibilidade de achar uma resposta, um fim, um único objetivo. Esse imenso nos adensa com a experiência como lugar importante e isso é normalmente a definição de Karma: experiência", complementa Rodolfo.
Karma é um projeto de circulação financiado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015, que envolve uma programação gratuita formada por 10 apresentações, 4 oficinas, 10 conversas mediadas com o público e a manutenção de um grupo de conversa online sobre a pesquisa e circulação. As inscrições gratuitas para as oficinas podem ser feitas pelo e-mail rodolfolorandi@hotmail.com ou por mensagem no facebook do espetáculohttps://www.facebook.com/claudiaerodolfo.
Os ingressos podem ser retirados uma hora antes de cada apresentação. A programação é gratuita.
Serviço
Dia 28/11 – Segunda. Apresentações 1 e 2. Teatro Guaporé, Porto Velho.
Apresentações e Oficina no teatro Guaporé.
Rua Tabajara s/n Bairro Olaria.
Obs: Horário das apresentações 16h e 20h. Oficina as 09h.

*****************************************************************************************

Noite cultural abordará arte contemporânea


Neste sábado dia 26 de novembro, acontecerá a partir da 18 h, no Sesc Esplanada, o tradicional evento NOITE CULTURAL do Sesc Escola em Porto Velho, com a temática “Arte Contemporânea”.
Os alunos da Educação Infantil e Educação Fundamental já estão estudando a vida e as obras de vários artistas, entre eles Julio Carvalho, Edilsa Mota e o Palhaço Sorriso, explorando os acontecimentos segundo a linha do tempo e dos registros históricos. Os trabalhos serão desenvolvidos com base nessas informações e apresentarão reproduções e releituras com o uso de diversos materiais. O objetivo é produzir trabalhos que reflitam suas aprendizagens, os quais serão apresentados no dia do evento “Noite Cultural”.
O evento também é um momento propício para o envolvimento dos pais com o universo das artes, vivenciados por seus filhos na escola, e ainda, visualizar na prática a construção do conhecimento, que os alunos adquiriram no ambiente da escola para suas vivências futuras. 

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Lenha na Fogueira - 25.11.16



A 3ª Festa dos Jornalistas será dia 3 de dezembro no clube da OAB.
********
Esse ano a Festa dos Jornalistas, a exemplo do ano passado, vai acontecer no clube social da OAB, em Porto Velho, dia 03 de dezembro, a partir do meio dia. A novidade desse é que muitos órgãos de imprensa, instituições e empresas estão se prontificando em patrocinar o evento como a Fiero, Fecomércio, Comunica Assessoria.
*******
RedeTV-RO; TV Rondônia; Diário da Amazônia; Rondoniagora.comComjustiça.com; Fecomércio e a Associação dos Bacuraus já se prontificaram a doar vários prêmios como televisões, aparelhos de celular, dinheiro, que vão ser sorteados no decorrer do evento.
********
A confraternização vai contar ainda com buffet, regado a feijoada, cerveja e refrigerantes do grupo Crystal e Tupi, além de boas músicas sob a coordenação da jornalista Ju Lauriano.
********
LUTO!
********
A Cultura Popular no segmento quadrilha junina, está em luto. Faleceu após alguns meses lutando contra um Câncer a senhora Marilucia mãe dos folcloristas e carnavalescos Thiagâo IX Moraes e Mary Cianne.
*******
O velório aconteceu na residência da família no bairro Areal da Floresta. Muitas pessoas, em especial os integrantes da quadrilha junina JUABP marcaram presença, pois dona Marilucia tinha pelo grupo, carinho todo especial, pois sua filha Mary Cyanne e seu filho Thiagão fazem parte da equipe da quadrilha campeã do Flor do Maracujá deste ano.
*******
No segmento do samba, tanto a Mary como o Thiagão fazem parte da diretoria da escola Império do Samba.
*******
À família enlutada, a direção do Diário da Amazônia envia sinceras condolências. Descansa em paz dona Marilucia.
*******
Mudando de assunto: Quarta feira aconteceu o primeiro ensaio dos compositores que participarão do concurso de Marchinhas e Frevos do Galo da Meia Noite. A primeira turma de compositores escalada pela direção do Galo para ensaiar, contou com Toninho Tavernard, Cabo Sena & Dimarci, Trio de Ouro (Bainha, Oscar e Zé Baixinho), As Pastoras e Waldison Pinheiro.
*******
A Banda Carijó que agora tem como maestro o Nilson do Cavaco reuniu a turma na praça São José no bairro Mocambo. A foliã Luciana Oliveira que está em todas, registrou tudo para seu blog.
********
Na próxima quarta feira dia 30, será a vez do Torrado, Sílvio Santos, Beto do Cavaco e outros compositores ensaiarem suas músicas.
********
A grande disputa pela melhor marchinha ou frevo do Galo da Meia noite vai acontecer no próximo dia 3 de dezembro, no Mercado Cultural. Mais de dez músicas foram inscritas.
*******
Quem esta coordenando o concurso, juntamente com o presidente Benjamim Mourão e Carlinho Mocidade é o Tatá. Pelo ensaio de quarta feira passada, vimos que o negócio não vai ser fácil pro lado dos jurados.
*******
Esperamos que o Beto Cezar desta vez, não comente que a música daquele compositor do Nossa Senhora tá no nível das marchinhas do João Roberto Kelly. Calma Beto não vai fazer o rapaz passar mal de novo.
*******
Por falar em música, hoje tem Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba no Mercado Cultural. O samba de raiz começa as 20 horas com Ernesto e sua turma.
*******
Aliás, Ernesto está ensaiando com a Fina Flor o repertório que será apresentado pelo Edital Zezinho Maranhão de Música. O grupo já tem como certas, apresentações em Guajará Mirim e Rolim de Moura. A itinerância da Fina Flor do Samba começa em março do próximo ano.
********
A direção da Federon leia-se Diretor Financeiro Severino Castro apresenta na noite de hoje, na sede da entidade, a Prestação de Contas Detalhada do Flor do Maracujá deste ano.

********
Depois, os números vão se transformar em iguarias as mais saborosas. Tô nessa!


Conheça os jornalistas finalistas do 6° prêmio MPRO



Em solenidade marcada para as 17 horas desta sexta feira 25, o Ministério Público de Rondônia – MP-RO premia os jornalistas que inscreveram trabalhos para concorrer ao 6° Prêmio MPRO de Jornalismo.
A iniciativa vai conceder prêmio de R$ 3,5 mil nas categorias Jornalismo Impresso, Jornalismo On-line, Radiojornalismo e Telejornalismo. O autor do trabalho com a maior nota entre todas as categorias receberá o Grande Prêmio MP-RO de Jornalismo, no valor de R$ 10 mil, além de troféu e certificado.
Este ano, o Prêmio teve 20 trabalhos inscritos, sendo sete na categoria Jornalismo On-line; nove em Telejornalismo, cinco em Jornalismo Impresso e não houve inscritos na categoria Radiojornalismo. Puderam concorrer matérias jornalísticas que envolveram as ações desenvolvidas pelo Ministério Público de Rondônia em defesa da sociedade, divulgadas em rádios, jornais, TVs e sites no período de 1º de novembro de 2015 a 30 de outubro de 2016.
A comissão julgadora do Prêmio é presidida pelo Procurador-Geral de Justiça, Airton Pedro Marin Filho, e composta pelos Promotores de Justiça, Marlúcia Chianca de Morais; Victor Ramalho Monfredinho; Marcos Giovane Ártico e Eiko Danieli Vieira Araki. Também compuseram a comissão, os jornalistas André César Santos, produtor da Rede Globo São Paulo; Marcos Paulo da Silva Batista, repórter da Agência Globo do Rio de Janeiro; Cristina Fernandes, ex-assessora de imprensa do Porto Velho Shopping, atualmente atuando em São Paulo; Eliane Aquino, ex-assessora do governo de Alagoas e atualmente exercendo a editoria do site Último Minuto; jornalista Maria do Socorro Marques, assessora de Comunicação do Ministério Público do Estado do Acre.

Finalista

Jornalismo Impresso – Giliane Perin (Tribuna Popular); Laila Moraes (Diário da Amazônia) e Jairo Ardul (Correio Popular);
Telejornalismo – Jaqueline Fonseca (Rede Amazônia); Cristiane Paião (Rede Amazônica) e Luiz Martins (Rede Amazônica).
Jornalismo On Line – Hosana Moraes (Portal G1); Vinícius Canova (Rondônia Dinâmica) e David Rodrigues (Rondonianoar)
Musical Canto para Todos, no fim de semana.

O Coral Vozes do Madeira, do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) 

apresenta neste sábado e domingo, 26 e 27, o Musical Canto para Todos III – Cotidiano. O espetáculo será realizado no Teatro Guaporé às 19h.
Promovido pelo TJRO, por meio da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia, o Musical propõe a reflexão sobre a beleza das pequenas coisas, que não é observada no cotidiano. Além da reflexão, o evento tem como objetivo a aproximação entre o judiciário e a sociedade.
Com duração aproximada de uma hora e meia, a apresentação conta com 15 performances de sucessos da Música Popular Brasileira, que serão retratados com novas roupagens, passando por autores como Caetano Veloso, Milton Nascimento, Chico Buarque, Nando Reis, Lenine e grupos como Os Tribalistas, Skank e O Rappa.
O Musical contará ainda com a participação dos Corais Canto Livre, formado por servidores do Ministério Público Estadual; da ONG Moradia e Cidadania, dos Empregados da Caixa Econômica Federal; e os Corais Infantil Canto Para todos e Juvenil da Escola Estadual Barão do Solimões.
O evento é aberto ao público, gratuito e o ingresso pode ser trocado por um quilo de alimento não perecível na bilheteria do Teatro Guaporé a partir das 17h30 (no sábado e domingo). Os alimentos arrecadados serão destinados à Casa do Ancião de Porto Velho.
SERVIÇO
Musical Canto para Todos
Data: 26 e 27 de novembro de 2016
Horário: 19h
Local: Teatro Guaporé