sábado, 19 de agosto de 2017

Artistas de Porto Velho criam o Movimento Parte das Artes




Geraldo, Aline, Rita, Zoghbi e Franciney
Sexta feira 18, os artistas plásticos João Zoghbi, Geraldo Cruz, Rita Queiroz, Franciney e Timides, abriram na Galeria de Arte do Porto Velho Shopping a Exposição “Partes das Artes”. A solenidade contou com a presença do superintendente da Sejucel Rodnei Paes, do presidente da Funcultural de Porto Velho Antônio Ocampo Fernandes e com a apresentadora da RedeTV Emili Souza.
Esculturas do Geraldo Cruz
A galeria recebeu um público considerado pelos artistas como razoável. “Fiquei tenso até minutos antes da abertura, agora que estou vendo essa quantidade de pessoas aqui, estou mais tranquilo. O artista quando expõe sua obra, tem a expectativa que ela seja apreciada pelo público, se isso não acontecer, não valeu a pena passar dias e noites pintando”, disse João Zoghbi.
Segundo Geraldo Cruz um dos idealizadores do evento, o Parque das Artes, é um Movimento cujo objetivo é agregar os artistas plásticos de Porto Velho.. “Chegamos a conclusão, que precisamos colaborar com a nossa cidade. Porto Velho está realmente precisando que nós comprometidos com a cultura com a iconografia e com a nossa história, façamos por onde a cidade fique mais visível”, disse Geraldo.
Pescador de João Zoghbi
Durante sua fala a artista Rita Queiroz fez questão de chamar a jovem Aline para apresentá-la, como o futuro das artes plásticas de Porto Velho. “Vi potencial no trabalho dela. Assim como ajudei esses meninos João Zoghbi e Geraldo Cruz que hoje já estão de cabelos brancos. Aline hoje, representa a esperança das Artes Plásticas em Porto Velho”.
Araras de Franciney
Franciney Vasconcelos agradecido por ter sido convidado a participar do Movimento, lembrou:“Estamos iniciando uma nova era na cultura de Porto Velho com esses grandes mestres Rita Queiroz, Geraldo Cruz e Zoghbi o objetivo é colocar arte em todos os lugares”,Franciney é considerado o artista dos grandes espaços, pois, sua obra é encontrada em muros de várias residências, paredes de bares e restaurante entre outros ambientes.
Tela de Rita Queiroz
João Zoghbi falou como nasceu a idéia de criar o Movimento. “O Partes das Artes, nasceu de uma conversa minha com Geraldo Cruz sobre a necessidade, a crise, do artista não vender sua obra. Se nós não estamos vendendo, a obra não sai do ateliê, para você ter ideia, as esculturas do Geraldo estão ha quase seis meses no ateliê, isso por falta de exposição, então resolvemos criar esse Movimento que denominamos de Partes das Artes, que tem como objetivo, levar a arte para todos os lugares possíveis da cidade”. Finalizou João Zoghbi.
A Exposição fica na Galeria do Porto Velho Shopping até o final do mês de setembro.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Lenha na Fogueira - 19.08.17

Parece o garimpo de Serra Pelada o Porto de PVH
Enquanto cada deputado estadual de Rondônia quase ganha, um aporte de R$ 6 Mil em seu salário, para gastar com alimentação, o governo federal resolveu diminuir o valor do salário mínimo do brasileiro.
********
Acontece, que, segundo os próprios parlamentares rondonienses, o objetivo era baixar o auxílio alimentação, pois a proposta original era R$ 9.000,00 (Nove Mil) para cada um, só que nesse caso, teriam que prestar conta, à tesouraria da ALE e haja Nota Fiscal pra comprovar o gasto com alimentação no valor de 9 Mil em apenas 30 dias.
********
Ainda bem, ou graças as redes sociais, o presidente Maurão de Carvalho convocou uma sessão para ontem (18) a tarde, cuja pauta, era tornar nula a Resolução tomada na sessão de quarta feira.
********
Ta vendo, foram mexer com o POVO da CULTURA! O resultado deu no que deu. VUDU é cultura popular. Quem garante que na Sejucel não existe alguém que pratique esse tipo de “mandinga”. O troco dos “caboco” foi imediato.
********
Na campanha eleitoral que se aproxima, os SEIS MIL seriam de grande valia, para pagar a “QUENTINHA” DAS FORMIGUINHAS.
********
PORTO DO CAI N'ÁGUA.
********


Batalhar por algum beneficio em prol do embelezamento da Entrada de Porto Velho via Rio Madeira nenhum deputado quer. Aliás, nem deputado estadual nem federal e nem mesmo os senadores.
********
Porto Velho ha muito tempo, está merecendo um PORTO de EMBARQUE E DESEMBARQUE DE MERCADORIA E PASSAGEIROS, de vergonha.
********
O Dique que foi construído na gestão do Roberto Sobrinho tá interditado faz tempo, por falta de um CABO. Put's Grila, será que um CABO custa tão caro assim, que ninguém possa comprá-lo e substituir o que está quebrado?
*******
Acho que custa menos que SEIS MIL REAIS um cabo daquele! Se for mais que Seis Mil não é mais que 144 MIL.


********
É uma vergonha a nossa BEIRA DE RIO onde os Barcos atracam para embarque de desembarque de passageiros e carga.
********
Não é aconselhável, a quem for viajar de BARCO, EMBARCANDO NO Porto do Cai N'água, colocar sapato e roupa lim, pois corre sério risco de escorregar e cair no barrando de lama. É melhor chegar de bermuda ou calção, sandália de dedo e deixar para mudar a roupa já dentro do barco.
*******
Não existe em nenhum cidade brasileira, PORTO mais imundo e feio que o PORTO de Porto Velho. É uma vergonha! Os estivadores bem poderiam ser registrado como ARTISTA de CIRCO, Malabarista, pois, descem e sobem o barracando íngreme, escorregadio com a carga na cabeça e é aquele escorrega daqui, escorrega de lá. E como escorregar não é cair, eles vão levando.
********
Afinal de contas, quem é o responsável pelo PORTO de Porto Velho ou pelo que chamamos de Porto do Cai N'água? Marinha, Prefeitura, Governo do Estado ou a PQP?
********
Cadê nossos parlamentares que não colocam emendas para a construção, do Muro de Contenção ou de Arrimo e depois de um CAIS de ATRACAÇÃO, para embarque e desembarque de passageiros e mercadorias?
********
Precisamos valorizar a frente da cidade de Porto Velho, no perímetro que vai do Porto da Enaro até Santo Antônia.
********

Qual será mesmo o órgão ou o governo responsável por essa empreitada?

Autores de Rondônia na Livraria Exclusiva


Um grupo de escritores locais formado pelos professores William Martins e Lucileyde Feitosa, e pelos médicos, poetas e escritores Viriato Moura e Samuel Castiel, acertou com a Livraria Exclusiva, na Avenida Carlos Gomes, a oferta de seus livros. Eles foram recepcionados por proprietária, Geuciene Barreto.

Da visita decorreu uma parceria para a divulgação e comercialização dos livros dos autores regionais, além da promoção de eventos literários no aprazível espaço da livraria, que também é lanchonete. O local fica aberto de segunda a sábado de 8 às 21h, e, nos domingos, de 16 às 21h.Brevemente, a Exclusiva será palco de eventos literários e musicais intimistas onde escritores, outros intelectuais e interessados em literatura terão oportunidade de se reunir para conversar, ouvir boa música, leitura e interpretação de textos, e ainda apreciar cafés diversos, drinques criativos, vinhos (que podem ser levados pelos fregueses, que pagarão apenas a “rolha”) e ainda saborear doces e salgadinhos ao tempo que podem adquirir os bons livros disponíveis na livraria.A partir de agora os autores regionais terão suas obras comercializadas com maior visibilidade no local. Os escritores interessados poderão procurar a proprietária da livraria, em dias úteis durante a manhã, para disponibilizar seus livros para a venda, e agendar seus eventos literários. (Fonte site expressaorondonia.com.br)

Nesta sábado, é comemorado Dia Nacional da Fotografia

Fotografia do Jota Gomes

A Alboom plataforma de criação de sites para fotógrafos, em comemoração ao Dia Nacional da Fotografia 19 de agosto, está com uma pauta bem interessante com dicas para quem quer profissionalizar o hobby na fotografia.  
Aproveitando a deixa, parabenizamos os profissionais da fotografia em Porto Velho, Ana Célia Santos (fotografa da ALE), Rosinaldo Machado (da Setur), Ésio Mendes (da Secom), Bruno Corsino (do gabinete do governador) e Jota Gomes e Roni Carvalho (do Diário da Amazônia), pela passagem do Dia Nacional da Fotografia.
7 dicas para profissionalizar seu hobby na fotografia
Ferramentas ajudam a organizar o fluxo de trabalho, construir um site atrativo e apresentar o portfólio profissional para prospectar mais clientes
Rafael Bigarelli - um dos mais conhecidos fotógrafos de casamento do Brasil – separou algumas dicas para ajudar os profissionais a aperfeiçoarem seu negócio
Um dos grandes problemas que os fotógrafos enfrentam hoje em sua carreira é atrair mais clientes pela internet. Como se destacar da concorrência? De acordo com pesquisa divulgada no Meio Bit, 80% desses profissionais não encaram a sua atividade como uma empresa e por isso muitos desistem de seu hobby antes que eles virem de fato sua profissão.
A boa notícia é que já existem diversas ferramentas que ajudam a organizar o fluxo de trabalho, construir um site atrativo e apresentar o portfólio profissional para prospectar mais clientes. Rafael Bigarelli - um dos mais conhecidos fotógrafos de casamento do Brasil – separou algumas dicasâ?¯para ajudar os profissionais a aperfeiçoarem seu negócio de forma certeira:
Escolha um público-alvo
Delimitar seu público-alvo é o primeiro passo para quem busca se profissionalizar. Escolher a área que gosta de trabalhar, avaliar os aspectos financeiros de sua escolha e acompanhar as tendências desse mercado são importantes para definir o caminho que vai seguir e para quem vai vender.
Construa uma linguagem única
Estilos de cores, texturas, contrastes e enquadramentos são alguns dos itens que compõem a linguagem do fotógrafo, ajudando a construir sua “marca” no mercado. Ter uma linguagem própria é o que vai diferenciá-lo dos demais profissionais e possivelmente trazer mais admiradores do seu trabalho.
Mostre seu talento ao mundo
Investir em um portfólio profissional ajuda a mostrar seu trabalho para mais pessoas e, assim, fechar mais negócios. A Alboom (www.alboom.com.br) oferece uma plataforma que integra diversos serviços para que esses profissionais possam desenvolver sites de forma muito mais simples, acessível e com fácil atualização.
Invista no relacionamento com seus clientes
Construir uma carteira sólida de clientes também é essencial para os fotógrafos que buscam profissionalizar seus negócios. Por isso, entender as necessidades e preferências de seus públicos e trata-los de forma personalizada são bastante importantes.
Conecte-se nas redes sociais
As redes sociais podem ser grandes aliadas no processo de captação de potenciais clientes, além de serem ótimos canais para manter relacionamento com os atuais. É indicado usar essas ferramentas para divulgação dos trabalhos já realizados e, por isso, é importante manter o perfil ativo e sempre atualizado.
Continue estudando
Fazer cursos e ler livros de fotografia ou manuais de câmeras e acessórios são exemplos de boas práticas para que o profissional esteja sempre atualizado em sua área e se destaque da concorrência.
Pratique sempre

A fotografia requer muita prática. Treinar o olhar diariamente, aplicando os conceitos que adquirir nos estudos, é imprescindível para quem busca estar em evidência.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Lenha na Fogueira - 18.08.17


O negócio tava pegando fogo, na manhã de ontem, la pras bandas do nono andar do Palácio Rio Madeira.
*******
E repercutia nos corredores da Assembleia Legislativa de Rondônia. Tudo por conta da sessão do dia 15 (terça feira), quando os deputados abriram o verbo contra o gestor da Sejucel.
*******
Já tinha até especulação sobre quem assumirá como superintendente da Sejucel. A turma é rápida quando se trata de fazer pressão para derrubar alguém. No governo é mais fácil derrubar alguém do cargo, do que conseguir sua nomeação.
********
Particularmente, não creio que o governador vá concordar por concordar, em exonerar o Rodnei Paes da Sejucel, só porque algumas emendas parlamentares não saíram na data que seus patronos queriam ou querem.
******
É bom lembrar que a Sejucel não é quem autoriza o pagamento de emenda, o negócio é mais em cima. Tá certo que os trâmites do processo depende do empenho dos técnicos da superintendência, porém, não são eles que autorizam o pagamento.
*******
Como só quem sabe onde o sapato aperta, é o dono do calo e como dessa vez o dono do calo são alguns deputados, o negócio fedeu a “chifre” queimado pro lado do Rodnei.
*******
Pra completar, o único evento que poderia deixar a turma da Sejucel bem na foto com o governador, que era a realização do Duelo na Fronteira, não vai acontecer, aí o bicho passou a pegar de vez, no nono andar do CPA.
********
Tem um ditado que diz: “Onde ha fumaça tem fogo”. Senão tivesse nada acontecendo, ninguém escutaria o zum zum pelos corredores do Palácio Pacaás. Nos dias de hoje, ninguém pode garantir que guardará segredo. Até porque, quando o poder quer fritar um, arranja um meio da notícia se espapalhar como se fosse fogo de morro acima e água de morro abaixo. Numa rapidez que nem o papa-léguas alcança!
*******
Daqui vou ficar torcendo para que tudo seja esclarecido e os deputados voltem a depositar confiança à equipe da Sejucel. Afinal de contas, o superintendente Rodnei gosta demais sô, da plenária da ALE. Virte e mexe ele tá por lá.

********
É melhor deixar de especular e passar para o que realmente vai acontecer nesta sexta feira.
********
Tem a reabertura do Parque da Cidade agora todo de roupa nova. Na oportunidade, a Semdestur responsável pela administração do local, vai começar as apresentações de grupos folclóricos de quadrilha e boi bumbá.
*******
Com um agravante positivo, nos finais de semana (sexta, sábado e domingo) também acontecerá, Feira de Artesanato e Produtos Agrícolas, além de barracas para comercialização de comidas regionais.
********
Me disseram que a turma da Funcultural tá igual à turma do núcleo dos paraenses da novela “Força do Querer”. Passam o dia pedindo de joelho a Nossa Senhora que faça chover mais um pouco, para o rio Madeira no trecho do Abunã encher mais um pouco, para dar passagem a Balsa nos dias do Festival de Fortaleza. Dizem que o mais beato, é o Eudes, seguido do Buchada. Até o Judilson tentou se ajoelhar mais a “pança” não deixou.
*******
O presidente Ocampo dizem, deixou de fazer fotos do pôr do sol do porto do Cai N'água para ficar fotografando a régua que marca o nível do Madeirão na travessia de Abunã.
*******
Enquanto isso, a secretária Ivonete Gomes (SEMES), anda com a imagem de São Pedro pra cima e pra baixo, pedindo para o porteiro do céu fechar as torneiras, para não atrapalhar o Festival de Praia de Jacy Paraná, que será coordenado pela sua secretaria. É cada um puxando a brasa pra sua sardinha.
*******

Hoje temos a abertura da exposição “Parte das Artes” no Porto Velho Shopping as 19 horas. Geraldo Cruz, João Zoghbi, Franciney, Rita Queiroz e Timides são os protagonistas. Vai lá!

A Fina Flor do Samba se reúne no Mercado Cultural nesta sexta

A partir das 20 horas de hoje 18, Ernesto Melo e A Fina Flor do Samba, recebe no Calçadão Manelão em frente ao Mercado Cultural, os amantes do samba de raiz, para momentos de descontração e lazer.
A festa de hoje tem motivo especial. Pois, o casal Erenir e Ernesto Melo estão comemorando mais um ano de casados e com certeza, serão alvo de muitos abraços de parabéns durante a roda de samba. “Sexta feira passada foi a vezdo Bainha e nesta sexta dia 18 será a vez do nosso maestro Ernesto Melo e sua esposa /Erenir Coral receber nossas felicitações”, disse o cantor Samuel que faz parte da Banda Fina Flor.
Ernesto convidou para a festa de mais um aniversário de casamento os sambistas, Torrado, Waldison Pinheiro, Mávilo Melo, Sílvio Santos, Beto Ramos e Bainha entre tantos. “O que podemos oferecer a quem for nos prestigiar, é apenas muito samba de raiz”, disse Ernesto Melo.
Dona Erenir considerada a primeira dama da Fina Flor do Samba, se disse muito gratifica pela lembrança dos amigos em realizar a comemoração. “Na realidade, a data correto foi ontem dia 17, porém, os amigos resolveram festejar durante a apresentação da Fina Flor do Samba no Mercado Cultural”.
Ernesto Melo que amanhã completa 66 anos de nascimento, também se disse surpreso com a lembrança dos amigos, que ligaram para avisar, que estariam festejando seu aniversário de casamento com dona Erenir na noite desta sexta feira (18), durante a Fina Flor do Samba. “Só não vai ser surpresa porque eles fizeram a gentileza de nos avisar” disse Ernesto.

Porto Velho Shopping recebe Partes das Artes



Os artistas plásticos João Zoghbi, Geraldo Cruz, Franciney e Rita Queiroz e o Rei das Raízes Timides, abrem as 19 horas desta sexta feira (18), na Galeria de Arte do Porto Velho Shopping a Exposição Parte das Artes.
Cada um dos cinco artistas, trabalhou obras nos mais diverso estilos, assim, os frequentadores do shopping que passarem pela exposição, vão se deparar com as esculturas do Geraldo Cruz, as obras do Timites utilizando raízes de árvores, as telas do João Zoghbi em vários estilos,, as telas do Franciney sempre voltadas para a natureza e as da Rita Queiroz que tratam dos costumes e lendas dos nossos ribeirinhos. “Todos nós trabalhamos obras em vários estilos para esta exposição” afirmou João Zoghbi.
A ideia da exposição surgiu no Palácio da Memória que funciona no prédio onde até bem pouco tempo, o govervanador do estado despachava “Palácio Presidente Vargas” local onde trabalham os artistas Geraldo Cruz e João Zoghbi. “Percebemos que o movimento das Artes Plásticas em Porto Velho estava muito parado e então resolvemos movimentá-lo”, disse Geraldo Cruz. Para concluir o objetivo, foram convidados os artistas Franciney, Rita Queiroz e Timides.“Passamos a nos reunir no ateliê do Geraldo todos os finais de semana e fomos criando as telas e escultaras que estarão na exposição que denominamos Parte das Artes”, disse Zoghbi.
A exposição conta com o apoio da prefeitura de Porto Velho através da Funcultural e do Porto Velho Shopping através de sua Galeria de Artes r do PAB através da Sejucel. “Cultura só é possível dessa forma”. Finalizou João Zoghbi.