sábado, 22 de julho de 2017

Amazônia Encena na Rua começa nesta segunda


A 10ª edição do Festival Amazônia Encena na Rua apresenta uma vasta programação no período de 24 a 30 de Julho na Praça das Três Caixas D'Água. O evento é uma realização do grupo rondoniense O Imaginário e tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Prefeitura Municipal de Porto Velho através da Semdestur.
Durante o Amazônia Encena na Rua serão apresentados trabalhos de performance/contação de histórias, espetáculos de teatro, dança e circo, lançamento de livros e debates. O evento promove ainda formação artística através das oficinas gratuitas.

Grupos convidados


O Amazônia Encena na Rua promove um grande encontro cultural. Nesta edição encontram-se artistas de Rondônia, Amazonas, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, Acre, Ceará e São Paulo. Serão mais de vinte espetáculos em uma semana de apresentações alcançando público de todas as idades. Este ano o Festival faz uma homenagem especial ao Mestre Amir Haddad (RJ).

PROGRAMAÇÃO

24/07/2017 (segunda-feira)
18h – Abertura, concentração e cortejo cênico com todos os artistas, convidados e comunidade
Local: Arena Madeira Mamoré – Estrada de Ferro Madeira Mamoré, passando pelas ruas principais e chegando na Praça das Três Caixas D´Água.
19 h - Abertura Oficial - Autoridades, Artistas envolvidos no Festival e demais convidados.
19h30 – Início das apresentações
Espetáculo: Mister “M” e o Circo Divertido
Sorriso Circus – PA
Espetáculo: Roda na Praça
Grupo Projeto Roda na Praça – AM
Espetáculo: OBRIGADO
Cia Novo Ato – GO
25/07/2017 (Terça-feira)
Horário: 19h30
Performance: Lavando roupa em público
Cia Novo Ato – GO
Espetáculo: Pulitrica
Léo Carnevale – RJ
Perfomance/Contação de História: Onde a onça bebe água
Cia Ruante de Teatro – RO
Espetáculo: Julieta de Bela Flor
Grupo Evolução – RO
26/07/2017 (Quarta-feira)
Horário: 19h30
Perfomance/Circo: Cabaré do Ruante
Cia Ruante de Teatro – RO
Espetáculo: O Salto
Cia Será O Benidito!?! – RJ
Performance/Contação de História: A LUA SOLITÁRIA
Cia In Bust – PA
Espetáculo: Teatrilho Vivarteiro
Cia Vivarte de Teatro - AC
27/07/2017
Horário: 19h30
Espetáculo: Era uma vez João e Maria... e ainda é
Cia Ruante de Teatro – RO
Performance/teatro: História de Tira
Grupo Sentidos – RO
Espetáculo: Socorro, se eu fosse você eu me movia
Cia Xingó – SP
28/07/2017 (Sexta-feira)
Horário: 19h30
Espetáculo de Dança Chicago – O Musical
Cia. De Dança Tsunami - RO
Performance/Circo: Exercício de Palhaçaria
O Imaginário – RO
Espetáculo: Yne, Histórias de cantos e encantos
Cia Vivarte - AC
Espetáculo: A folia no Terreiro de seu Mané Pacaru
Mamulengo da Folia – SP
29/07/2017 (Sábado)
Horário: 19 h
Espetáculo de Dança: Raízes Tribal
Cia de Dança Yaporanga - RO
Performance: Interferência
Cia Novo Ato – GO
Lançamento de Livro: Teatro do Oprimido e Universidade: experimentos, ensaios e experimentações.
Organizadores: Licko Turle, Jussara Trindade e Flávio Sanctum.
Editora Metanoia
Espetáculo: Dados Variáveis
Cia Será O Benidito!?! – RJ
Performance: Das Dores
Taiane Sales – RO
Lançamento de Livro: Teatro do Oprimido e Negritude
Autor: Licko Turle
Editora e-papers
Espetáculo: Drummond em 4 temos
Cia Novo Ato – GO
30/07/2017 (Domingo)
Horário: 19h
Espetáculo: Os Cenouras
Léo Carnevale e Fábio Freitas – RJ
Lançamento de Livro: Teatro(s) de Rua do Brasil : a luta pelo espaço público.
Organizadores: Licko Turle e Jussara Trindade
Editora Perspectiva
Performance: TRANSextase, DESequilíbrios e Ondulações
Cia Novo Ato – GO
Espetáculo: Fio de Pão – A lenda da Cobra Honorato
In Bust de Teatro – PA
Lançamento de Livro: Teatro de Rua: Discursos, pensamentos e memórias em rede
Organizadores: Jussara Trindade, Licko Turle e Vanéssia Gomes
Editora Aldeia Casa Viva
Espetáculo: Final de Tarde
Cia Teatro de Caretas – CE
Teatro Lambe-Lambe: A Leitura é uma Viagem, com Vavá de Castro – RO, durante a programação na praça

OFICINAS


Comunicação, cena e comicidade - Experimentos na arte do riso - com Fábio Freitas (RJ)
Um convite a uma investigação na arte da palhaçaria clássica. Através de jogos e dinâmicas do universo do palhaço o participante é instigado a acessar sua estupidez, a mergulhar nas suas "fragilidades" e nos seus   "ridículos" para, a partir do material sensorial levantado,estabelecer conexões com o espaço externo!
Interpretação e jogos teatrais, com Marília Ribeiro e Luis Cláudio (GO)
Jogos teatrais, com ênfase no lúdico, praticas coletivas, buscando consciência dos mecanismos fundamentais do Teatro, Dinâmicas de grupo, liberação corporal e emotiva para criação cênica. Interpretação: mecanismos para trabalho de interpretação, busca de sentido e significação, valorizando as cenas,
Da narrativa no teatro ao teatro narrativo, com Ana Carneiro (MG)
Abordará a questão da presença da narrativa no teatro, de modo estabelecer um olhar que frise diferentes formas de manifestação na cena teatral desde os primórdios do teatro grego ao teatro contemporâneo. O trabalho será desenvolvido por meio de uma abordagem teórico-prática, a partir de leituras textuais.
Período: 25 a 28 de julho
Horário: 9h às 12 h
Local: Praça das Caixas D’agua e Casa da Cultura Ivan Marrocos
Ciclo de debates
Em discussão o Teatro, o Público e a Cidade.
As Artes Públicas na Amazônia
Mestre Amir Haddad (RJ), todos os artistas participantes do Festival e a comunidade.
Data: Período: 29 de julho
Horário: 15h às 17h

Local: Praça das Caixas D’agua e Casa da Cultura Ivan Marrocos.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Lenha na Fogueira - 22.07.17


Na próxima segunda feira 24, o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia – IFRO Campus Calama, vai promover a “Finalização da 3ª Etapa das Oficinas de Teatro – Cenografia” realizada com o apoio do Conselho Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas – CONEM
*******
Da programação constam: Exposição de Artes e Esculturas, Intervenção com as técnicas de Augusto Boal, além da apresentação do cenário do espetáculo “Álcool não é remédio” com todos os personagens.
*******
Ministradas por Léia Leandro, do CONEM, as oficinas têm duração de seis meses. “Na etapa das oficinas de Teatro do Grupo Ifênix, começamos com as técnicas de Augusto Boal, utilizando a ferramenta do teatro como instrumento do contato e transformação do ser humano. Com oficinas de campo, criando relatório das atividades com a especificidade da educação da metodologia do teatro, Teatro de Arena, Teatro Brasileiro, os métodos de Stanislavski, Bertolt Brecht, sobre sua trajetória ao longo da história”, explica a Professora.
*******
Utilizando técnicas baseadas no dramaturgo brasileiro Augusto Boal, é possível ao grupo realizar apresentações de baixo custo e teatro jornal, que utiliza fatos do cotidiano para contar a história. Além do sistema coringa, em que o ator se transforma em espectador e vice-versa ou de ferramentas para a transformação das pessoas por meio do teatro do oprimido e teatro de arena.
********
Por falar em teatro de rua. Também na próxima segunda feira 24, vai começar o famoso Festival “Amazônia Encena na Rua”. Como vem acontecendo ha alguns anos, os espetáculos serão apresentados todas as noites, na Praça das Caixas D'Água no bairro Caiari.
*******
O Amazônia Encena na Rua promove um grande encontro cultural. Nesta edição encontram-se artistas de Rondônia, Amazonas, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, Acre, Ceará e São Paulo. Serão mais de vinte espetáculos em uma semana de apresentações alcançando público de todas as idades. Este ano o Festival faz uma homenagem especial ao Mestre Amir Haddad (RJ).
********
Na edição de amanhã (domingo), publicaremos toda programação que será desenvolvida durante a semana no “Amazônia Encena na Rua”, assim como a história do Festival que chega a sua 10ª edição.
*******
Já que estamos nos reportando a Festival, lembramos que está acontecendo no Arraial da Associação São Tiago no bairro Socialista, o Festival de Dança de Forró e outros ritmos. É o maior festival de dança de Porto Velho. Este ano o evento está mais curto, começou na última quarta feira e termina neste domingo dia 23, com a apresentação da quadrilha Rádio Farol.
********
Comida típica da melhor qualidade você degusta no Festival de Cultura Popular, que também é conhecido como “Arraial do Padre Enzo”. Por sinal, o Padre Enzo assume de pizzaiolo preparando a verdadeira pizza italiana no forno a lenha. É deliciosa a Pizza do Padre Enzo.
********
Outro evento que está concentrando muita gente desde ontem, é o Arraial “Comunidade no Sertão” que está armado no campo da Associação do bairro Esperança da Comunidade na rua Mamoré com a Vieira Caula. É só grupo folclórico de ponta.
*******
E assim, as festas que insistimos em chamar de “juninas” não param em Porto Velho. Já postei aqui, que Porto Velho já pode pleitear o título de “Maior São João do Mundo”, pois este ano, as festas começaram no dia 27 de maio e só vão terminar em agosto com a realização da Semana do Folclore. E haja mungunzá, bolo de macaxeira, pamonha e capeta.
*******
Pra não ficar só nas festas folclóricas. Hoje tem samba no Mercado Cultural com o sambista compositor e cantor Beto Cezar. Começa as 19 horas.
********

Tô na festa de 15 anos da minha querida neta Natália Andrade!

CiaSenha apresenta FUI no Palco Giratório Sesc


A próxima atração do Festival Palco Giratório será neste sábado (22). O grupo a se apresentar será ‘CiaSenhas de Teatro’ com o espetáculo juvenil ‘FUI!’.
A apresentação iniciará às 20h no Teatro 1 do Sesc, com classificação etária para 12 anos, os ingressos podem ser retirados uma hora antes do espetáculo mediante a entrega de 1 kg de alimento não perecível.

A CiaSenhas excursiona pelo universo juvenil com a montagem ‘FUI!’ livremente inspirado na obra literária Tchick de Wolfgang Herrndorf, com texto e direção de Sueli Araujo. O espetáculo apresenta quatro personagens que se encontram após 15 anos para, através da criação de uma peça de teatro, lembrarem e reviverem as experiências que compartilharam quando eram jovens. Temas como amizade, solidão, confiança e sexualidade são abordados na montagem. Com uma linguagem dinâmica e direta, FUI! Apresenta ao público um recorte sensível sobre ser jovem ontem e hoje. Amizade e memória norteiam a peça que se desenha, também, a partir da relação com quem a vê.A CiaSenhas de Teatro de Curitiba, criada em 1999, é um coletivo que desenvolve trabalhos continuado de pesquisa e criação teatral. Desde sua fundação a companhia têm se dedicado à investigação da linguagem cênica com enfoque no trabalho do ator-criador paralelo ao desenvolvimento de dramaturgia original em processos compartilhados de criação. A CiaSenhas procura disponibilizar seus espetáculos às mais diferentes plateias e promover ações para o fortalecimento estético e político do teatro de grupo.

O Debut da Natália Andrade

A jovem Natália Andrade será apresentada a sociedade de Porto Velho, durante a festa de debutante, oferecida pelos seus pais Helton e Aline na noite deste sábado 22.
Natália completou 15 anos, na última terça dia 18, porém, seus pais sem avisar nada, programaram a troca de sapatos e dança da valsa dos 15 anos, para a noite deste sábado. Natália é neta do Sílvio Santos o Zekatraca e sobrinha do Silvinho, irmã da Hingrid e prima do João Victor.
Natália é aluna do 9º ano no colégio Tiradentes e faz música na Escola Jorge Andrade dando preferência para a aprendizagem de Guitarra. Inclusive, está formando uma banda de roque, com suas amigas músicas da EMJA. Hoje com certeza, na festa oferecida pelos seus pais e avó Terezinha, Natália vai receber suas amigas e amigos para dançarem a valsa juntos.

Que este seu aniversário seja o marco inicial para uma nova e linda fase, esta etapa da adolescência é uma das mais importantes na vida de uma menina moça. Você está com os seus sonhos correndo a mil por hora, desejando tudo o que lhe trará felicidade, e descobrindo tantas coisas novas que fica difícil você assimilar todas elas. Parabéns minha querida Neta Natália” do VÔ feliz Sílvio Zekatraca Santos.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Lenha na Fogueira - 21.07.17


Viu com é fácil, quando se quer valorizar a tradição popular. A Funcultural na pessoa do seu presidente Antônio Ocampo Fernandes está de parabéns, pela feliz ideia da realização do Programa “Tacaca Musical” que aconteceu na tarde/noite da última quarta feira, no Calçadão Manelão em Porto Velho.

********

É só acessar as redes sociais e conferir através das fotos postadas, que o evento foi além, do imaginado por seus idealizadores. Tô falando em termo de frequência do público. Nem mesmo a Fina Flor do Samba e a Roda de Samba do Beto César colocam tanta gente no calçadão como colocou o “Tacaca Musical”.

********
A Funcultural convidou três Bancas Tacacazeiras famosas, para participar e servir a iguaria e cada uma, com o seu segredo na hora de temperar a bebida da Amazônia, conquistou o público. Tacaca da Dona Isaura, Tacaca da Míriam e Tacaca de Rondônia. Enquanto a turma degustava a cuia de tacaca, o música Danilo Monteiro mostrava seu repertório.

********
Os que prestigiaram o evento saíram maravilhados. Tanto pelo sabor tacaca, como pelo encontro e o bate papo com amigos que ha muito não viam.

*******
Os mais antigos lembraram do tempo do Tacaca da Dona Chiquinha e do Tacaca da Dona Mita cujas bancas, ficavam na praça Marechal Rondon. Outros lembraram que o Tacaca da Míriam tem o mesmo gosto do tacaca da Dona Rosilda. Vale lembrar que a Míriam por muito tempo, ajudou dona Rosilda na confecção do tacaca que era vendido na Vila Operária ou como é mais conhecida, “Vila Erse”.

*******
Com certeza, na próxima quarta feira, pois, segundo a Funcultural o “Tacaca Musical” passa a acontecer todas as quartas-feiras com início as 17 horas e término as 21. Não sei se sempre serão as mesmas Bancas de Tacaca, mas, sei que o negócio já pegou.


*******
Beber tacaca é tradição do povo da Amazônia, é cultura popular em sua excelência, por isso, mais uma vez, parabenizamos a equipe da Funcultural comandada pelo Ocampo. É fácil fazer cultural quando se tem vontade!

*******
Como sempre aparece os do contra. O invejoso, postou nas redes sociais, que o “Tacaca Musical” só conseguiu levar tanta gente pro Calçadão Manelão, porque estava fazendo frio e um Tacaca quentinho vai bem com a “friagem”. “Quero ver quando estiver fazendo calor”.

*******
Se fosse assim o Carlinhos do Tacaca da Dona Isaura já teria fechado sua Banca de Tacaca. A Míriam que começou na calçada do supermercado Maru e hoje está numa sala bacana, já não estaria mais servindo um dos melhores tacacas de Porto Velho.

*******
Com certeza ainda vamos degustar no Tacaca Musical a iguaria preparada pela Dona Inez cuja Banca fica na Tenreiro Aranha com a D. Pedro II. Dona Inez também prepara um delicioso Croquete. Ocampo incentiva as Tacacazeiras do programa Tacaca Musical a preparem Croquete também!

*******
Quero ver no Calçadão Manelão dentro da programação da Funcultural a tarde do Açaí e outras iguarias próprias do BERADEIRO.

*******
Mudando de pau pra cacete! Na próxima segunda feira, vai começar mais um evento Amazônia Encena na Rua. Chicão Santos e seu O Imaginário mais a Zaine Diniz e equipe, já estão nos preparativos finais para colocar em Cena o teatro de rua em Porto Velho.

*******
Em virtude da crise, o Amazônia Encena na Rua terá apenas seis dias, ou seja, de 24 a 30 de julho, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da SEMDESTURA de Porto Velho na pessoa do secretário Júlio César.

*******
O Tapiri já está montado para receber o público que com certeza, prestigiará as apresentações da Cias de Teatro de muitas cidades brasileiras, que vão se apresentar no Festival de Teatro de Rua.

********


E aí Parente, vamos tomar tacaca na cuia de chimarrão?

Sérgio Sá Leitão novo ministro da Cultura


O atual diretor da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Sérgio Sá Leitão, é o novo ministro da Cultura. O convite para que ele ocupe o cargo foi feito nesta quinta-feira, 20, pelo presidente Michel Temer, de acordo com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.
Além da passagem pela direção da Ancine, para onde teve a indicação aprovada em abril pelo Senado, Leitão ocupou a chefia de gabinete do Ministério da Cultura durante a gestão do ex-ministro Gilberto Gil e foi secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro. Em nota, a presidência informa que Leitão tem reconhecida experiência na área cultural.
Sérgio Sá Leitão assume o comando da Cultura no lugar no ministro interino João Batista de Andrade. Então secretário executivo da Cultura, Andrade assumiu interinamente o cargo de ministro em maio, após o deputado Roberto Freire (PPS-PE) anunciar a saída do cargo.


Sérgio Sá Leitão - jornalista, cineasta e escritor



O novo ministro da Cultura é jornalista, cineasta e escritor. É formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem pós-graduação políticas públicas (USP) e marketing (Ibmec). Antes de ocupar cargos em órgãos vinculados ao poder Executivo do governo federal,  Sérgio Sá Leitão atuou nas redações do Jornal do Brasil e da Folha de S. Paulo, além de ter sido diretor do Jornal dos Sports. No mercado editorial, é responsável pelos livros Futebol-arte: a cultura e o jeito brasileiro de jogarMarketing esportivo ao vivo. Como cineasta, foi presidente da RioFilmes, dirigiu o documentário “We Belong” e foi o responsável pelo curta ficcional “Mãos”

Arraial Comunidade no Sertão começa nesta sexta feira



Considerado um dos mais organizados arraiais de Porto Velho pela frequência e organização, começa na noite desta sexta feira o “Comunidade no Sertão” também conhecido como Arraial do Esperança e Arraial do Fernandão.
Com apresentações dos melhores grupos de quadrilhas que se apresentaram na 36ª Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás do Flor do Maracujá o Comunidade no Sertão com certeza, esta fadado ao sucesso.
Ja confirmaram participação as juninas Flor da Primavera, Rádio Farol, Roça é Nossa, Juabp, Rosas de Ouro, Rosa Divina e a Matutos do Socialista. “Estamos aguardando as confirmações das juninas: Nova Estação, Guaporé, Forte Príncipe, Palheiral, Tradição, Estrela do Norte, Estrela Divina, Orgulho do Madeira e Mocidade Junina”, informa Fernando Rocha, confirmando, que A Girassol mandou recado, dizendo que não vai se apresentar no Arraial Comunidade no Sertão. Fernando também informou a nossa reportagem, que existe espaço na programação, para os bois bumbás. “Até agora só quem confirmou apresentação, foi o Corre Campo”.
O Arraial Comunidade no Sertão está montado no campo de futebol da Associação Esperança da Comunidade a rua Mamoré com Vieira Caula.
O evento começa nesta sexta feira dia 21 e vai até domingo dia 30.

As apresentações folclóricas começam as 21 horas todos os dias.