quarta-feira, 30 de março de 2011

LENHA NA FOGUEIRA - 31.03.11

A turma da Federon começa a se movimentar visando às apresentações na 30ª Mostra de Quadrilha e Bois Bumbás do Arraial Flor do Maracujá. ******** Amanhã vai acontecer reunião na sede da entidade que fica numa das salas do Estádio Aluizio Ferreira, para tratar entre outros assuntos, do Regulamento das apresentações dos grupos folclóricos. ******** A discussão, passa pelo não repasse de subsídios no ano passado, que deixou todos os grupos folclóricos com dívidas no comercio local. ******** Aliás, ano passado o governo estadual deu o cano nos grupos folclóricos ao não viabilizar recursos. ******** O interessante é que existem pessoas, mesmo no governo atual, que acham que os grupos folclóricos devem favor ao governo e por isso, têm a obrigação de se apresentar no Flor do Maracujá. ******** Os que assim pensam, estão redondamente enganados. ******** Os grupos folclóricos são a principal atração da festa e por isso devem ser bem pago, caso o governo queira usufruir de suas apresentações. ******** Só quem ganha em publicidade com a apresentação dos grupos de quadrilhas e bois bumbas no Flor do Maracujá é o governo estadual e as empresas de televisão. ********* Então, o governo não está prestando nenhum favor ao firmar convênio com a Federon para apresentação dos grupos no Arraial. ******** O ideal seria que cada grupo fosse contratado por no mínimo R$ 25 MIL. Esse cachê serviria para sanar apenas um terço das despesas de um grupo como a quadrilha JUABP, Rádio Farol, A Roça é Nossa ou Boi Bumbá Diamante Negro, Corre Campo, Az de Ouro etc. ******** Aliás, um grupo do naipe de qualquer dos citados, não gasta menos de R$ 50 Mil para se apresentar no Flor do Maracujá. Ano passado eles não receberam nada do governo estadual. Foi só CAÔ! ******* Já que entramos no assunto. Tudo indica que o Arraial Flor do Maracujá este ano, vai ser montado no Parque de Exposições local onde até o ano passado aconteceu a Expovel. ******** Digo isso, porque a Justiça deu ganho de causa ao governo estadual na ação de reintegração de posse daquela área. ******** E como os moradores dos condomínios que ficam nas proximidades daquela área onde o Arraial foi montado ano passado, entraram com ação junto ao MP solicitando o embargo da realização do evento ali. ******** Com certeza, sendo dono da área onde foi a Expovel, o governo do estado não vai querer desembolsar dinheiro para pagar aluguel de outra área quando já tem a sua. ********* Para os grupos folclóricos o espaço do Parque de Exposições é bom, ********* Agora, para os barraqueiros é uma lástima! ******** A festa tá só começando, muita água ainda vai rolar por debaixo da ponte. ******** Depois do famigerado “Cem Dias”, é que o governo começa pra valer. ******** Por falar em preservar nossas tradições: ********* O Tucupi agora é da Sadia ********* Pois é! A Sadia Registrou a Marca TUCUPI. ******** Quando os japoneses registraram a marca Cupuaçu foi feito um escarcéu e, pelo que se divulgou a época, eles recuaram. ******** Agora é uma multinacional brasileira que faz a mesma coisa com o TUCUPI nosso de cada dia (para os paraenses, tucupi é tão sagrado quanto o pão do Pai-Nosso). ******** Mas isso tudo só acontece porque nós não valorizamos nosso patrimônio imaterial e nossos produtores não ligam muito para essas coisas (e não são nem um pouco organizados, diferentemente dos produtores europeus). Como nós não ligamos, tem quem ligue. No caso a Sadia ligou. ********* Vai um Pato no “Sadia” aí?

Nenhum comentário: